10 minutos




percurso de prisioneiros Saltar por cima do potro

A dificuldade em passar por cima do companheiro que faz de obstáculo é crescente. Quem não for capaz ocupará o lugar dele. 1. Por sorteio, designa-se um jogador que começará por ser o potro. O resto dos participantes fica a cerca de 2 metros de distância, em fila indiana. 2. O que faz de potro começa o jogo encolhido no chão. Os restantes saltam,

Ver mais


quem es tu A mímica

Na mímica não é só preciso ser capaz de se fazer entender sem palavras; há também que ser o mais rápido. 1. Um jogador faz de orientador do jogo e prepara uma lista de cerca de quinze palavras para serem representadas. Os restantes participantes dividem-se em dois grupos e situam-se a uns metros do orientador. 2. Um jogador de cada grupo vai ter com

Ver mais


tangram O tangram

O tangram é um quebra-cabeças de origem chinesa que causou furor no século XIX e com o qual podemos elaborar inúmeras figuras, seguindo a nossa imaginação. 1. Para confecionar o tangram partiremos de um quadrado de cartolina de 15 cm de lado, embora existam de todas as medidas e o importante seja a proporção. 2. Marcamos as linhas tal como se vê na figura

Ver mais


mudança de campo A teia de aranha

Jogo de pátio em que há que ser muito rápido e ágil para não acabar por fazer parte da teia de aranha que atravessa o campo. 1. Por sorteio, escolhe-se um jogador para fazer de aranha. Feito isto, marca-se um traço que divida o campo de jogo em dois. Sobre o traço coloca-se a aranha, com os braços estendidos. 2. Para iniciar a partida,

Ver mais


mudança de campo O giz escondido

Um jogo muito emocionante. Em Portugal, é muito conhecido o trapo queimado, uma versão deste jogo. 1. Marca-se uma zona onde se está a salvo, que será o «coito». Todos os jogadores permanecem nele, enquanto um deles vai esconder o giz. 2. Quando volta, os outros vão procurar o giz. O que o escondeu vai dizendo «frio», se estão longe dele, e «quente», se

Ver mais


bola a parede Esquivar-se à bola

Um divertido jogo, em que é preciso esquivar-se às bolas que os companheiros passam uns aos outros, fazendo-as rolar. 1. Dois terços dos jogadores põem-se de pé, formando um círculo para cujo interior todos olham. Os restantes situam-se no centro. 2. Aqueles que formam o exterior do círculo começam a atirar as bolas uns aos outros, fazendo-as rolar atravessando o círculo. 3. Os participantes

Ver mais


passa-passa Passa-passa

Uma corrida divertida em que não se pode perder a bola, para que a equipa possa avançar. 1. Os jogadores formam duas equipas e colocam-se em fila indiana diante da linha de partida. O primeiro jogador de cada equipa segura uma bola com as mãos. 2. Ao sinal de partida, o primeiro jogador passa bola ao segundo, com as duas mãos por cima da

Ver mais


mudança de campo Cortar o fio

Cortar o fio combina a perseguição com um exercício de imaginação muito divertido. 1. O jogador que persegue anuncia, no início do jogo, a quem irá perseguir, dizendo «vou atrás do Bernardo», por exemplo. A partir desse momento, considera-se que há um fio entre o perseguidor e esse jogador, de modo que só pode persegui-lo a ele. 2. Os restantes jogadores podem cortar o

Ver mais


menino escrevendo A frase-surpresa

Um jogo ideal para crianças que acabam de aprender a escrever, já que as convida a fazê-lo de uma forma divertida e amena. É conveniente que seja um adulto a dirigir o jogo. 1. O condutor do jogo dá uma folha e um lápis ao primeiro participante e pergunta-lhe: «Quem?» A criança escreve um substantivo comum ou próprio, em resposta, por exemplo: «Um cão.»

Ver mais


circulo O gafanhoto e a rã

Este é um jogo de que os mais pequenos gostam, porque lhes propõe uma perseguição divertida, baseada em dois tipos de animais. 1. Com o giz, traça-se um grande círculo no chão, de maneira que os jogadores caibam à vontade no seu interior. 2. Escolhe-se à sorte um jogador para que faça de rã. Os restantes serão gafanhotos e terão de fugir dela. 3.A

Ver mais