As pedrinhas

pedrinhas

Versão do jogo romano dos astrágalos. Atualmente joga-se em todo o mundo com múltiplas variantes.

1. Por turno, realizam-se várias figuras; se um jogador falhar, passa as pedras ao seguinte. Quando volta a ser a sua vez, continua a partir do ponto onde tinha ficado.

2. Uma de cada vez. O jogador atira as pedrinhas. Depois pega numa, que será a curinga, e, lançando-a ao ar, apanha outra do chão antes de agarrar a curinga e enquanto ela ainda está no ar. Feito isto, passa a pedra para a mão livre e repete a operação até as apanhar todas.

3. Duas de cada vez. Apanham-se as pedrinhas às duas e duas. Depois, apanham-se às três de cada vez e às quatro; é sempre preciso apanhar todas as pedrinhas com um único movimento antes que a curinga caia.

4. A ponte. O jogador forma uma pequena ponte, apoiando os dedos no chão. Depois de lançar a curinga, passa uma das pedras por baixo da ponte e apanha-a, antes que caia.

5. O sapo no buraco. Forma-se um buraco juntando o indicador e o polegar da mão livre. Enquanto a curinga está no ar, apanha-se uma pedrinha e coloca-se no buraco. Uma vez apanhadas todas, retira-se a mão e apanham-se todas de uma vez, ao mesmo tempo que se atira a curinga.

6. O jogo termina com um último lançamento para o ar de todas as pedrinhas, após o que se tentam apanhar com as mãos juntas, com as palmas para baixo. No caso de se conseguir levar a cabo esta operação, voltam a atirar-se as pedrinhas; porém, desta vez, apanham-se com as duas mãos juntas com as palmas para cima.

Comentarios dos Brincalhões

Vamos brincar de pedra papel tesoura,Vamos brincar de verdadeiro ou falso,futebol em círculo,ideias de desafios para amigos,crianças no japao brincando.