Dos 4 anos e meio aos 5 anos




Esta divertida brincadeira vai ensinar o seu filho a ficar mais alerta e a direccionar o ouvido.

 

Materiais:

  • Imagens de gafanhotos, borboletas e outros insectos que se movimentem de formas interessantes
  • Sala vazia

 

Instruções:

  1. Reúna imagens de insectos (veja livros e revistas sobre a natureza).
  2. Converse com a criança sobre os diferentes insectos e a forma como se deslocam.
  3. Coloque-se no meio de uma sala vazia.
  4. Diga o nome do primeiro insecto, por exemplo: «Gafanhoto!»
  5. Imitem ambos os movimentos do gafanhoto: desloquem-se saltando.
  6. Após vários segundos, a criança deverá dizer o nome de outro insecto, por exemplo: «Borboleta!»
  7. Nesse momento, ambos deverão passar instantaneamente a imitar o movimento da borboleta.
  8. Revezem-se a «chamar» os insectos e a mudar de movimento.

 

Variante: Pesquise outros animais, como os répteis ou os mamíferos, e imitem os seus movimentos.

Precauções: Certifique-se de que há espaço suficiente para se movimentarem com segurança.

A expressão dramática atinge um pico nos últimos anos pré-escolares. Nesta fase, a criança entra a fundo no universo criativo e do faz-de-conta, torna-se particularmente sonhadora e fantasiosa nas suas brincadeiras. É bem possível que a veja em conversas com amigos imaginários e a representar cenas de filmes ou de programas televisivos.
O faz-de-conta constitui, para a criança, uma oportunidade de interagir com os seus pares de formas diferentes, de explorar e integrar situações que possam ser-lhe estranhas ou assustadoras, e de assumir vários papeis à medida que se vai tornando menos egocêntrica. Seguem-se as características mais importantes deste período de grande intensidade dramática:
• À medida que experimenta novos papéis, a criança vai desenvolvendo a capacidade de se expressar de formas saudáveis e criativas. Ajude-a a dramatizar os seus interesses do momento, quer se trate da sua personagem favorita, de algum acontecimento recente ou de algum contexto familiar, e proporcione-lhe os materiais e condições que possam concretizar esses interesses.
• A criança interessar-se-á sobretudo pelos temas populares da expressão dramática, como a lida da casa, a ida para o trabalho, os cuidados com as bonecas, a vivência da escola e as situações assustadoras mais comuns: a doença e a morte. Dê-lhe roupas de fantasia que lhe permitam transformar-se num herói, num monstro, num animal, num fantasma, etc.
• Nesta altura, a criança também necessita de vivências ao ar livre, pois as suas fantasias levam-na frequentemente a selvas e florestas ou a vulcões em erupção. Ajude-a a construir fortes, tendas e muros, para que possa dispor de cenários para as suas fantasias.

 

images Gafanhotos e Borboletas

Esta divertida brincadeira vai ensinar o seu filho a ficar mais alerta e a direccionar o ouvido.   Materiais: Imagens de gafanhotos, borboletas e outros insectos que se movimentem de formas interessantes Sala vazia   Instruções: Reúna imagens de insectos (veja livros e revistas sobre a natureza). Converse com a criança sobre os diferentes insectos e a forma como se deslocam. Coloque-se no meio

Ver mais


kyly_-_brincadeira_17_-_agacha_agacha Segue o Líder!

Revezem-se como líderes! Quem segue terá de imitar o mais ínfimo movimento do líder, nas suas deslocações pela casa ou pelo quintal.   Materiais: Espaço amplo   Instruções: Decidam quem vai ser o primeiro líder. O líder deverá movimentar-se pela casa ou pelo quintal da forma que preferir; a outra pessoa irá atrás, imitando todos os seus movimentos. Troquem regularmente.   Variante: Ponha música

Ver mais


corrida-de-tres-pes-300x190 Um Corpo que São Dois

É costume dizer-se que duas cabeças valem mais do que uma só. Será que a ideia é válida para os corpos? Descubra e divirta-se com o seu filho!   Materiais: Área sem obstáculos Dois rolos de papel aderente ou de fita de goma colorida   Instruções: Coloque-se de pé, de frente para a criança, no centro da área definida para a brincadeira. Dê à

Ver mais