Tag Archives: lançamento

tanguilla La tanguilla

Descrito nas ilhas Canárias, Espanha. 1. Deposita-se a tanguilla no chão. A uns metros de distância marca-se a linha de lançamento. 2. Cada jogador coloca umas cartas sobre a tanguilla. 3. À vez, cada jogador lança o seu tacão com o objetivo de fazer cair as cartas da tanguilla. 4. Quando o consegue, fica com todas as cartas que se encontrarem mais perto do

Ver mais


tolchi Tolchi Nori

Descrito na Coreia. Normas básicas 1. Desenham-se duas linhas paralelas separadas por cerca de 2,50 metros. 2. O Tolchi é formado por uma série de dezoito jogos. A primeira equipa a completar toda a série é a vencedora. 3. Quando o jogador de uma equipa falha numa das suas séries, a sua equipa perde a vez. Ao recuperá-la continuará o jogo a partir da

Ver mais


Cara-ou-coroa Cara ou coroa

Um jogo praticado antigamente pelos mineiros ingleses para apostar dinheiro. Nesta versão só jogamos para vencer. 1. Planta-se um pau no solo e marca-se uma distância de lançamento. 2. Chegada a sua vez, cada jogador lança a sua moeda, tentando que fique o mais perto possível do pau. 3. O jogador cuja moeda ficou mais perto do pau apanha todas as outras e lança-as

Ver mais


yuri Yut nori

Descrito na Coreia. O yut é um jogo que tradicionalmente se pratica na Coreia, durante o ano novo. Antes de se iniciar o jogo, há que distribuir as peças da seguinte maneira: Quatro cavalos para cada um, se participarem dois jogadores. Três cavalos para cada jogador, se intervierem três. Dois cavalos para cada um, se participarem quatro jogadores. 1. Todas as peças começam por

Ver mais


225952 Cazolete

Descrito em Aragão, Espanha. 1. Marca-se um círculo no chão e, no centro, coloca-se uma lata. 2. Cada jogador deixa uma carta dentro da lata. 3. À vez, cada um lança o tacão da linha de lançamento. 4. Quando um jogador bater na lata, ficará com todas as cartas que caírem fora do círculo; a seguir, cada um dos restantes coloca uma carta dentro

Ver mais


berlinde Os berlindes

Entre os inúmeros jogos de berlindes que existem, o que em seguida explicamos é o mais praticado. 1. Desenha-se um círculo de cerca de 30 cm de diâmetro e cada jogador coloca nele dois dos seus berlindes ou o número que se tiver decidido para jogar. Todos os berlindes se agrupam no centro. 2. Quando chega a sua vez, cada jogador pega no berlinde

Ver mais


Bul

Praticados pelos maias Mopan e os K’echi do Sul do Belize. Versão Aj Sayil (a formiga): 1. Cada equipa coloca-se de maneira que a sua casa fique à sua esquerda. 2. Fixam-se turnos de lançamento para que lancem primeiro todos os jogadores de uma equipa e, depois, todos os da outra. 3. Um jogador só pode ter uma peça em jogo. 4. Cada jogador

Ver mais


skully-board-eric-edelman Skelly

Descrito nas ruas de Nova Iorque (EUA). O tamanho e o número de casas depende do número de jogadores e do tempo que se quiser continuar a jogar. Pode desenhar-se desde um quadrado com 1 metro de lado até um de 2 metros. Como se joga: 1. Decide-se a ordem de lançamento. Os jogadores põem a sua carica na linha de saída. 2. À

Ver mais


pedrinhas As pedrinhas

Versão do jogo romano dos astrágalos. Atualmente joga-se em todo o mundo com múltiplas variantes. 1. Por turno, realizam-se várias figuras; se um jogador falhar, passa as pedras ao seguinte. Quando volta a ser a sua vez, continua a partir do ponto onde tinha ficado. 2. Uma de cada vez. O jogador atira as pedrinhas. Depois pega numa, que será a curinga, e, lançando-a

Ver mais


preview Para o balde

Jogo calmo de pontaria que podemos jogar dentro de casa e para o qual só necessitamos de um velho baralho de cartas e um cesto de papéis. 1. Distribui-se o baralho pelos jogadores e coloca-se o cesto de papéis a uns metros de distância do ponto de lançamento. O cesto deve estar vazio e é preferível usar um baralho de cartas velho. 2. À

Ver mais