Tag Archives: objeto

agua, terra, ar A janela

Este jogo, que apaixona os mais pequenos, deve ser orientado por um adulto. 1. Recorta-se um orifício com aproximadamente 1 centímetro de diâmetro no centro de uma folha de jornal. 2. Sem que os participantes vejam, coloca-se um objeto por baixo, de modo que só se veja uma pequena parte através do orifício. É conveniente selecionar objetos pouco volumosos e começar a mostrá-los pelas

Ver mais


Quente-ou-Frio1 Frio e quente

Os participantes têm de encontrar o objeto escolhido pelo que dá as vozes, com um pequeno inconveniente: não sabem qual é. 1. Um dos jogadores é escolhido por sorteio para dar as vozes. Este jogador olha para toda a sala onde decorre o jogo e escolhe um objeto, sem dizer a ninguém qual é. 2. Quando já escolheu o objeto diz «já», e o

Ver mais


gincanas Onde está?

Um jogo que favorece o autocontrolo e as posições cómicas, numa busca difícil. 1. Escolhe-se um objeto para esconder, por exemplo, uma mola da roupa, e seleciona-se um jogador para que se encarregue de o esconder onde achar conveniente. 2. Todos os participantes tapam os olhos com as mãos, enquanto o jogador escolhido o esconde. O objeto não deve ficar inteiramente oculto, de forma

Ver mais


crianças brincando bola O ticoti

Jogo de expressão verbal que se transforma numa lengalenga coletiva em que é preciso estar muito atento para não se perder. 1. Todos os participantes se sentam, formando uma roda. Um deles segura na mão um pequeno objeto, que será o «ticoti». 2. Para começar o jogo, o primeiro jogador passa o objeto pela direita ao segundo, dizendo-lhe: «passo-te o ticoti», ao que este

Ver mais


zapatero Zapatero (sapateiro)

Descrito no México. 1. Um jogador esconde a pedra numa das mãos e fecha os punhos. 2. Move os punhos para cima e para baixo, enquanto diz: Onde vive o sapateiro? Para cima ou para baixo? 3. Quando acaba de dizer a frase, coloca os punhos um por cima do outro. 4. A outra criança tem de descobrir em que mão se esconde o

Ver mais


mãos e pés Sem repetir

Um jogo muito apropriado para casa, em que intervêm a visão e a memória. 1. Ordenam-se os jogadores e o primeiro nomeia um objeto que esteja à vista. 2. Um a um, todos os jogadores nomeiam um objeto que estão a ver, tendo o cuidado de não referir nenhum que já tenha sido dito. 3. Ao fim de umas quantas vezes, é realmente difícil

Ver mais


tres investigadores Os três investigadores

Jogo de dedução que coloca um desafio bastante difícil, já que é preciso descobrir o objeto escolhido fazendo muito poucas perguntas. 1. Entre todos os jogadores ou por sorteio escolhem-se três jogadores para fazer de detetives. Estes saem da sala e os restantes escolhem um objeto que esteja à vista para que os outros tentem descobri-lo. 2. Uma vez escolhido o objeto, os jogadores

Ver mais


pesado Vamos procurar

«Vamos procurar» é um jogo de observação muito sossegado, ideal para momentos de espera. 1. Para começar o jogo, os participantes estabelecem um turno entre eles, de maneira que depois do último volte a ser a vez do primeiro. 2. O jogador a quem tiver calhado ser o primeiro diz uma característica que as coisas que se têm de procurar devem ter em comum,

Ver mais


Criancas2[1] Vejo, vejo

Um jogo muito calmo, próprio para qualquer momento. 1. Para começar o jogo, um dos jogadores escolhe mentalmente um objeto que esteja à vista e diz em voz alta: «Vejo, vejo!» 2. O resto dos jogadores pergunta: «O que vês?» E o primeiro responde: «Uma coisa que começa pela letra…», e diz a inicial do objeto que escolheu. 3. Um a um, cada jogador

Ver mais


tesouro O meu tesouro

Um jogo de força física, em que uma corda limita os movimentos dos participantes e os impede de chegar ao seu tesouro. 1. Unem-se os dois extremos da corda para formar uma circunferência. Os participantes agarram-se à corda com uma mão, mantendo-se à mesma distância uns dos outros. 2. Diante de cada jogador coloca-se, a 1,50 metros de distância, o objeto que lhe calhou

Ver mais