Tailândia




Descrito na Tailândia.

Desenha-se no chão um círculo com cerca de 1 metro de diâmetro. É o ninho do corvo. Dentro do ninho, deixam-se os dez ovos. Escolhe-se um jogador para fazer de mãe corvo e coloca-se dentro do ninho. O jogo desenrola-se em três fases.

Primeira fase:

1. O jogo começa quando um dos jogadores diz: guarda os teus ovos.

2. Os jogadores que se encontram fora do círculo tentam retirar os ovos, a mãe defende-os com as mãos e os pés, ao mesmo tempo que tenta tocar num dos ladrões.

3. Se a mãe consegue tocar num jogador, este morre. O jogo recomeça e o jogador que foi tocado faz de mãe corvo.

Segunda fase:

Se os ladrões conseguem tirar todos os ovos sem que a mãe corvo lhes toque, começa a segunda parte do jogo.

1. A mãe corvo venda os olhos.

2. Escondem-se os ovos, após o que se tira a venda à mãe, que dispõe de três tentativas para os encontrar. Se não conseguir localizá-los, mostra-se-lhe onde estavam escondidos.

Terceira fase:

1. Quando a mãe encontra os ovos, apanha um e tenta tocar num jogador com ele. Aquele em que tocar será a próxima mãe.

2. Se não tocar em ninguém, volta a ser a mãe corvo e o jogo começa de novo.

 

mudança de campo Ka fao khai (Os ovos da mãe corvo)

Descrito na Tailândia. Desenha-se no chão um círculo com cerca de 1 metro de diâmetro. É o ninho do corvo. Dentro do ninho, deixam-se os dez ovos. Escolhe-se um jogador para fazer de mãe corvo e coloca-se dentro do ninho. O jogo desenrola-se em três fases. Primeira fase: 1. O jogo começa quando um dos jogadores diz: guarda os teus ovos. 2. Os jogadores

Ver mais


mudança de campo Chak-ka-yer

Descrito na Tailândia. 1. Formam-se duas equipas. Uma equipa são os espíritos bons e a outra, os espíritos maus. 2. Marca-se no chão uma linha e cada equipa se coloca de um dos lados dessa linha. 3. Dá-se o sinal de partida e todos tentarão agarrar um adversário e levá-lo para o seu próprio campo. 4. Os jogadores da equipa dos espíritos bons podem

Ver mais